Maçã, a tentação do bem

em

Ela levou a culpa pela expulsão de Adão e Eva do paraíso e pelo sono profundo de Branca de Neve. Mas não é só o papel de vilã das histórias que cabe à maçã. Na cultura celta, ela é a responsável pela imortalidade dos deuses e é símbolo de renascimento. Embora não seja nativa do Brasil e tenha demorado séculos até aportar por aqui, ela é presença garantida na lancheira das crianças e na fruteira dos brasileiros – feita para a mordida ideal, a maçã é fácil de transportar e, quando bem conservada, demora a estragar.

Os primeiros registros do plantio da fruta no Brasil datam de 1926, pelas mãos do fruticultor Batista Bigneti. Hoje, quase 90 anos mais tarde, o país é um grande produtor da fruta, mesmo sem ter o clima temperado necessário para o cultivo, como explica o pesquisador da Embrapa Rufino Fernando Flores Cantillano. Na coleta de dados mais recente do IBGE, o Brasil figura como o 9º maior produtor de maçãs no mundo, com um total de 1,3 milhão de toneladas, a maioria proveniente dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Entre as dezenas de variedades consumidas pelo mundo, as mais comuns no país são a gala, de polpa creme e sabor doce; a fuji, de polpa amarelo-claro e boa acidez; e a granny smith (maçã verde), a mais ácida entre as três.

O uso da fruta na cozinha é delicado: uma vez rompida a casca da maçã, logo se inicia seu processo de deterioração. O miolo começa a oxidar e escurecer. Para que isso não aconteça, Nadia Pizzo, chef executiva da rede de restaurantes Ráscal, dá a dica: após descascar e cortar a maçã, recomenda-se pingar algumas gotas de limão na fruta. A chef sabe bem do que está falando: desde a inauguração do Ráscal, os restaurantes da rede nunca deixaram de servir a famosa torta de maçã, apetitosa como aquelas de desenho, com massa folhada crocante, que ao ser partida revela um recheio quente de maçã com açúcar e canela.

A sobremesa do Ráscal é feita com a variedade gala, escolhida depois de vários testes. “A gente precisa avaliar a acidez da maçã e a quantidade de água que ela desprende durante o cozimento”, explica Nadia. Antes de entrar na receita, as maçãs são avaliadas uma a uma. As “fofas”, ou seja, as muito maduras, são descartadas.

Para não interferir na textura, as maçãs entram descascadas na torta. Mas, no dia a dia, vale a pena consumir a fruta com casca e tudo, principalmente se forem orgânicas. A casca da maçã é rica em fibras e vitamina C, complementando os outros benefícios da polpa, que contém minerais, como cálcio e fósforo. Lembra daquele ditado: “an apple a day keeps the doctor away” (uma maçã por dia mantém o médico distante)? Olha que ele tem seu fundo de verdade.

cc43_epocade_tortamaca1

cc26_aopontosorte_05

Rendimento 12 porções
Tempo de preparo 2 h

Ingredientes
Massa

4 xícaras (chá) de farinha de trigo;
1 colher (chá) de sal;
1 colher (chá) de fermento em pó;
150 g de manteiga gelada, cortada em cubinhos;
1 colher (sopa) rasa de água;
1 ovo inteiro;
2 colheres (sopa) de farinha de rosca (para a montagem);
1 gema para pincelar.

Recheio
6 maçãs verdes médias;
1 ½ colher (chá) de canela em pó;
1 ½ colher (chá) de noz-moscada ralada;
1 colher (sopa) de essência de baunilha;
3 colheres (sopa) de suco de limão;
1 xícara de açúcar;
1/2 xícara de maisena.

Xarope de mel
½ xícara de água;
1 xícara de mel;
1 baga de cardamomo aberta;
½ tampa do frasco de água de rosas.

Modo de fazer
Massa

1 Preaqueça o forno a 180°C.
2 Numa tigela grande, junte a farinha, o sal e o fermento. Acrescente os cubinhos de manteiga. Misture com as pontas dos dedos, sem dissolver completamente a manteiga, até formar uma farofa grossa.
3 Junte a água e o ovo e amasse até formar uma bola de massa. Transfira a massa para uma superfície lisa e sove até que ela fique uniforme, mas deixe alguns pontinhos de manteiga intactos – são eles que fazem a massa ficar crocante.
4 Separe ⅓ da massa e leve à geladeira. Essa massa será usada para fechar a torta.
5 Abra o pedaço restante da massa com um rolo, numa superfície enfarinhada, até ficar grande o suficiente para cobrir o fundo e a lateral da fôrma. Enrole a massa no rolo de macarrão e desenrole sobre a fôrma. Com os dedos, pressione a massa contra as laterais, para formar uma parede sólida. Corte as sobras. Faça furos no fundo da massa com um garfinho, para que ela não infle ao assar.
6 Cubra a massa com papel-manteiga e, sobre ele, coloque grãos de feijão, preenchendo todo o fundo da fôrma, para fazer peso.
7 Leve ao forno preaquecido para assar por 10 minutos. Reserve.

Recheio
1
Corte as maçãs ao meio e retire as sementes. Apoie a parte plana das maçãs numa tábua e corte em fatias bem finas.
2 Numa tigela grande, coloque todos os ingredientes do recheio. Misture bem para que as maçãs absorvam os temperos.

Montagem
1
Retire os feijões e o papel-manteiga da massa pré-assada.
2 Polvilhe a massa com 1 colher (sopa) de farinha de rosca (que ajuda a massa a não molhar e ainda forma um creminho).
3 Coloque as maçãs na fôrma e polvilhe o resto da farinha de rosca.
4 Abra a massa restante com o rolo e cubra a torta. Com as pontas dos dedos, pressione as beiradas e retire o excesso de massa. Faça um pequeno corte em cruz no centro da torta para que, ao assar, o vapor tenha por onde sair.
5 Faça uma bolota com as rebarbas de massa e abra-a com o rolo. Corte os filetes com uma faca grande e decore a torta com eles, formando um padrão xadrez.
6 Leve a torta para assar por 1 h 10 min no forno preaquecido a 180°C.
7 Retire do forno. Pincele a massa com uma mistura de 1 gema e 1 colher (sopa) de água.
8 Volte ao forno por cerca de 10-20 minutos, para terminar de dourar.

Xarope
1
Leve todos os ingredientes ao fogo até levantar fervura e deixe por 5 minutos.

Finalização
1
Sirva a torta quente com o xarope de mel morno e uma bola de sorvete de creme.
Fonte :http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Comida/Reportagens/Comida/noticia/2015/08/maca-tentacao-do-bem.html?folder_id=169

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s